sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Blog SUPER PORTO via Facebook



A prova provada que ter apenas nome não chega.

Blog SUPER PORTO via Facebook



Jackson Martínez - FC Porto, tens toda a razão nas tuas afirmações. No entanto, nós também precisamos que não falhes penaltis e golos fáceis.

quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Blog SUPER PORTO via Facebook



Tudo a Arouca para APOIAR! O Porto tem que sentir que se algo não começar a correr bem, vão estar bem acompanhados!

Blog SUPER PORTO via Facebook



Bom dia Mister Lopetegui. Tens aqui uma lista de 14 para fazeres o 11 para sábado. Tudo que seja para além disto é inventar.

quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Blog SUPER PORTO via Facebook



Parabéns às equipas portuguesas por estarem no topo da Europa! Todos juntos somos mais fortes...

Blog SUPER PORTO via Facebook



Não entendo os adeptos do assobio. Não entendo! Já me disseram que é esta a maneira deles dizerem que "estão fodidos com o que estão a ver", mas assobiar ao primeiro passe para trás ajuda alguma equipa? Isso não intranquiliza ainda mais? É isso que querem para poderem dizer no fim que tinham razão!? Entendia se esses mesmos gastassem um pouco dessa energia a APIOAR A EQUIPA. Então sim, podiam assobiar à vontade, tinham esse "direito". Mas eles passam o jogo todo calados e só se levantam para assobiar e para festejar os golos!! Que espécie! Eles agora só lá vão para criticar o Lopetegui, eles vão lá para dizer "Eu não disse que isto ia correr mal!?" Com esse espirito fiquem em casa por favor! A equipa durante os 90 minutos precisa de força!! Se quando aquilo está a correr mal (porque corre efectivamente, a mim por vezes também me mete nojo tanto disparate) o estádio todo se levantasse a gritar "PORTO!, PORTO!, PORTO!" eles tremiam das pernas e percebiam onde estavam e aqui ninguém passava! Mas eles perferem assobiar...

terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Blog SUPER PORTO via Facebook



Como é bom regressar às vitórias! A solução estava no banco e Rúben Neves e Quaresma deram um pouco de Porto ao Porto e foi preciso coração até final.