segunda-feira, 27 de abril de 2015

Blog SUPER PORTO via Facebook


Como os críticos das criticas que se fazem ao longo do ano dizem que as críticas se fazem no fim, como para mim a época já acabou, eis o meu balanço da prestação do treinador. Quando chegou, não o conhecia. Sabia apenas que tinha sido suplente do Baía em Barcelona. Na altura, não concordei com o perfil escolhido pois entendia que naquele momento seria preciso alguém que conhecesse bem o futebol português, alguém que soubesse onde se vinha meter, alguém que percebesse as rivalidades, alguém que soubesse quem era o Jesus, o Orelhas, o Fanfarrão, alguém que soubesse essencialmente o que era o FC Porto! Nem tudo foi mau e Lopetegui trouxe coisas POSITIVAS: - Desde a possibilidade de termos jogadores como Tello, Oliver e Casemiro, que sem ele talvez fosse mais difícil a sua vinda, ainda que estejam apenas emprestados... - Também foi ele que apostou em Rúben Neves, talvez o seu maior feito. - Foi ele que, com mais ou menos dificuldade, mudou Quaresma, aparecendo hoje como um jogador mais completo. - Fez uma boa campanha europeia (o seu grande objectivo) apesar da sorte no sorteio na fase de grupos e do desastre daquela meia hora em Munique. Recordo que na fase de grupos, à equipa mais complicada não vencemos 1 jogo e voltamos a ter sorte no sorteio dos oitavos. Os que dizem que a campanha europeia foi excelente, estou em crer que se tivéssemos levado 10 em Munique também o diriam, o que para mim é um disparate. Mas como de bom não vi mais nada, vejamos o que foi NEGATIVO: - Teve carta branca como nenhum outro treinador teve e à pala disso tivemos que gramar com um Adrian, um Fernandez, um Angel e um Campana (todos espanhóis) que não percebo o que vieram para cá fazer! Mas como era só pedir... ele tinha. - Antes de formar um 11 base achou por bem que devia rodar a equipa o que nos custou pontos! O exemplo do jogo com o Boavista é o mais ridículo onde até o guarda-redes mudou entre outra 5 ou 6 mudanças! Menosprezou o adversário tal como fez com o Sporting em casa e com isso arrumamos da Taça. Isto sempre com a Champions debaixo de olho, afinal o seu objectivo, a sua montra... - No regresso em grande do Helton em Braga, não foi capaz de aproveitar esse factor de "galvanização" e no jogo seguinte voltou a jogar o Fabiano e perdemos na Madeira para o campeonato... Ah e tal... não podia queimar o Fabiano? Estou-me a borrifar para o Fabiano, no Porto devem jogar os melhores e importante é a equipa, nunca um jogador! - Novamente na Madeira, depois dos mouros terem perdido em Vila do Conde, não foi capaz de vencer! Ele e os jogadores. Sem perdão e ainda aqui está atravessado. Outros por menos saíram do Olival com o carro a arder... - Jogo recente com a Académica no Dragão, mostrou que se estava a borrifar para o campeonato e arriscou mudar 10 (DEZ!!) jogadores, claro está a preparar o jogo em Munique. Correu bem porque ganhou, mas podia ter corrido muito mal! Tanta poupança para ir a Munique fazer o que fez... - Finalmente o jogo de ontem na Luz. Com a equipa que apresentou (se calhar com o meio campo que devia ter entrado em Munique), mostrou que não é gajo de "cojones". Era o dia de dar tudo! Era o dia até de perder a tentar ganhar! Mas entrou para primeiro não perder (porque duas seguidas agora pesavam) e depois se desse então ganhar.... e fez-se pouco, muito pouco, para quem só podia vencer! Um remate para a bancada e nada mais!! Ahh e voltou a deixar no banco (como no jogo em casa) o único jogador que nem pintado os pode ver, Quaresma. O que fazer? Mudar outra vez? Começar do zero? Não sei. Eu não tomo decisões. Mas sei ver o que está bem e o que está mal. E não consigo ver neste mais valor do que vi em Jesualdo, Vitor Pereira ou mesmo o Fonseca!! Tivessem todos estes meios que este teve à disposição... Este plantel não era plantel para PERDER TUDO!

domingo, 26 de abril de 2015

Blog SUPER PORTO via Facebook


Tu quiseste foi primeiro não perder e depois se desse ganhar... mas uma oportunidade de golo em 90 minutos é muito pouco para quem tinha de vencer. Que bela recompensa... Tanto apoio, tanta complacência dos adeptos a época toda deu em quê? Continue tudo com paninhos quentes que esse é o caminho... para vermos acontecer coisas que eu na minha vida nunca vi, como o facto deles serem bi-campeões...

sábado, 25 de abril de 2015

Blog SUPER PORTO via Facebook


// SÃO HOMENS OU MENINOS ? Se há coisa que os jogadores do FC Porto não se podem queixar é de falta de apoio, tolerância e paciência dos seus fiéis seguidores. Obviamente que os acontecimentos mais recentes (partida e chegada de Munique) são porventura os momentos mais ilustrativos disso mesmo, mas não só! As derrotas caseiras com lagartos e lampiões tiveram sempre uma reação de alguma condescendência e conformismo, do estilo de acreditar no valor e trabalho em curso, e que o mesmo acabaria por trazer os devidos proveitos. O primeiro treino do ano foi seguramente um dos momentos mais ilustrativos desse apoio incondicional, dessa confiança inabalável, dessa tolerância levada quase ao extremo. Prefiro pensar desta forma e não que se trata tão somente de uma enorme perda de verdadeiros valores “à Porto”, com níveis de exigência superiores aos dos nossos adversários, precisamente por sabermos que para ganharmos algo temos que ser tremendamente melhores que os outros. Sim... é que se “ser Porto” é levar 6 e bater palmas, eu devo-me estar a tornar lampião. Mas prosseguindo naquilo que a apoio diz respeito, a uma 2ª feira enchemos duas bancadas do Bessa como há muito não se via. Numa 6ª feira sobrelotamos o setor visitante de Braga, sendo necessário abrir um setor ao lado. Em Basileia houve uma presença de portistas que só se pode comparar a uma final europeia. Enfim, apoio atrás de apoio, confiança atrás de confiança, isto após uma época onde nada ganhamos e com uma época em curso onde também ainda nada ganhamos. Perante isto, apetece-me perguntar: e agora? E agora o que vão fazer no jogo que pode valer uma época? Só há uma coisa a fazer: honrar, dignificar, agradecer e devolver em dobro, todos os esforços que têm sido feitos pelos adeptos! Estou-me positivamente a “borrifar” para o cansaço que possam sentir (esse senti-o eu por no dia seguinte a chegar de Munique ter que ir trabalhar!); estou-me a “borrifar” para o momento psicológico da equipa (quando tenho problemas psicológicos no meu emprego, tenho que os superar sozinho, pois se estiver à espera de ajuda dos outros, a porta da rua está a um pequeno passo!); estou-me a “borrifar” para o adversário e para tudo o resto. Este é o momento. Este é o momento para justificarem tudo o que temos feito por vocês! Este é o momento para justificarem tudo o que temos sofrido por vocês! Este é o momento para justificarem tudo o que temos abdicado por vocês! Este é o momento para justificarem tudo o que temos gasto por vocês! Este é o momento para justificarem todos os kms, todas as noites mal dormidas, todas as refeições mal feitas que fizemos por vocês! Há quem gaste o pouco que tem para vos ir apoiar. Há quem prefira atrasar a renda de casa ou a conta da eletricidade para domingo lá estar. Há quem tenha nas vossas vitórias (que são também nossas!) as poucas alegrias da vida. Não há mais desculpas... é agora ou agora... é ganhar ou ganhar... é serem homens ou meninos! Até domingo... no sítio do costume! In BibóPorto, por Norte

Blog SUPER PORTO via Facebook


Bom dia. Se há coisa que os jogadores do FC Porto não se podem queixar é de falta de apoio, tolerância e paciência dos seus fiéis seguidores durante toda a época. Chegou a hora da retribuição... Os adeptos não merecem acabar outra época sem nada... Aconselho a ler: http://ift.tt/1HBqBLv

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Blog SUPER PORTO via Facebook


A pensar que me custou bem mais aquele empate na Madeira, diante do Nacional, depois dos lampiões terem perdido, do que propriamente os 6-1 de Munique...

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Blog SUPER PORTO via Facebook


Ainda a Champions e dois grandes SES que podiam ter mudado tudo... - SE tivéssemos um guarda-redes que tivesse feito pelo menos uma grande defesa em dois jogos com o Bayern era bem melhor do que terem entrado quase todas as bolas... - SE aquela #$&@ do Jackson tinha entrado eles borravam-se todos... Mas como no futebol não há SES... Ou melhor, até há... SE não ganham aos mouros estão f@#*@#$...

Blog SUPER PORTO via Facebook


Meus caros jogadores. Caros literalmente. A manifestação que tiveram ontem às 3h da madrugada no aeroporto aquando da vossa chegada NÃO FOI UMA MANIFESTAÇÃO DE ORGULHO na vossa prestação! Longe disso, muito longe. Quem lá foi queria apenas dar-vos um RECADO. E domingo a resposta está nas vossas mãos, pés, cabeças e na alma! Domingo é só para ganhar! Acabaram de gastar os créditos todos e esta foi a vossa última ficha.... daqui para a frente não haverá mais contemplações! A goleada de ontem já passou, mas não esquecemos. Nunca esqueceremos! O Porto não pode, em momento algum, levar 6 seja de quem for. Não pode, mas acontece... eu sei. O que NÃO PODE ACONTECER MESMO é levarmos 5 golos em cerca de 25 MINUTOS... isso sim é o mais preocupante, mesmo que a equipa contrária seja muito forte! Mas já passou... doeu, mas passou. Eu sei também que sois uma equipa nova, com jogadores jovens, com treinador novo, processos novos, blá blá blá... mas TAMBÉM SEI QUE NÃO SOIS EQUIPA PARA PERDER TUDO!! NÃO PODEM PERDER TUDO NUMA ÉPOCA EM QUE SE APOSTOU TANTO. Por isso GANHEM! Não vos resta mais nada! Suar, lutar, crer, querer, correr, sofrer NÃO INTERESSA! Domingo SÓ INTERESSA VENCER!